Vice em 1984, Suzy Rêgo volta ao Miss Brasil: “Vai ser como um filme”

12 ago 2017

Suzy Rego foi Miss Pernambuco e perdeu o título brasileiro por um ponto em 1984. ?Hoje, me sinto atriz realizada e essa vocação eu descobri por conta das portas, que me foram abertas naquele concurso de beleza”, diz.

(Imagem: Divulgação/TV Globo/Montagem)

 

Depois de 33 anos, Suzy Rêgo está de volta às passarelas de um concurso de beleza. Se em 1984, ela era a candidata de Pernambuco ao título de Miss Brasil, desta vez , a atriz será a madrinha do júri e colocará a faixa na mulher mais bonita do Brasil, neste sábado (12), em Angra dos Reis.

“Vou me emocionar. Com certeza! Vai ser como um filme, uma mistura de emoções porque eu vivi uma experiência maravilhosa naqueles dias de competição, que na verdade mudaram completamente a minha vida. Agora é mais confortável e estarei menos nervosa, mas reviver isso é fantástico”, diz.

Suzy ri e lembra que passou boa parte da finalíssima achando que seria a campeã. “Estava bem confiante de chegar entre as dez finalistas. A medida que fui classificando, a confiança foi aumentando e aí quando ficaram só as duas últimas, eu e Ana Elisa Flores [Miss São Paulo, a campeã do concurso], já via a coroa na minha cabeça. Sou a presidente do meu fã clube”, brinca, entre risos.

O título de Miss Brasil não veio, mas Suzy ganhou uma oportunidade de trabalhar com assistente de palco de Silvio Santos no SBT, já que a emissora transmitia os concursos de beleza durante a década de 80. Graças à convivência com o apresentador e a experiência na televisão, ela decidiu estudar teatro e, depois de várias peças em São Paulo, participou da sua primeira novela “O Salvador da Pátria”, na Globo, em 1989.

“São 18 anos de Globo, de muitos trabalhos e realizações. Já tive contratos longos e, hoje, sou contratada por obra. Não por minha vontade! Amo meu crachá. Volta e meia faço uma peça, gravo séries e sigo em frente. Me sinto, sim, uma atriz realizada e essa vocação descobri por conta das portas, que me foram abertas naquele concurso de beleza. Tudo começou ali e eu sou grata”, diz.

Suzy discorda que a coroa vá para um padrão de beleza pré-determinado.

“Gosto e aprovo a pluralidade, a diversidade. Temos mulheres lindas negras, brancas, mestiças ou orientais. Uma com os cabelos cacheados ou então mais lisos, quadris mais largos ou mais retos, coxas mais definidas ou mais musculosas. Enfim. Pode parecer clichê, mas vencer um concurso de beleza depende do conjunto da obra e também de um dia inspirado, do fator sorte, da confiança. A beleza é uma questão muito subjetiva. Não acredito mesmo em um determinado padrão”, explica a atriz.

(Fonte: TV e Famosos – UOL)

 

Arquivos

Categorias

Suzy Rêgo madrinha do concurso CNB 2017 deixa uma mensagem a todos os candidatos(as)

Casting

Débora Lyra Driely Bennettone Jonas Sulzbach
Karla Mandro Laura Miguel Lucas Gil
Mariana Notarangelo Victor Hugo Silvia Novais
Anderson Tomazini Beatrice Fontoura Carlos Franco
Catharina Choi Léo Araújo Luciene Caetano

Facebook

Twitter

Vídeos

Débora Lyra contra sobre a superação de seu acidente (Record).

Débora Lyra conta sobre os seus planos para o futuro.

Destac Assessoria 2018 - Todos os direitos reservados